A Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e a Secretaria Municipal de Cultura apresentam

Projetos

8ª Encontro sobre Inclusão Visual do Rio de Janeiro

Descrição

Alfabetização Visual (SP)

 

Projeto de fotografia com pessoas deficientes visuais, que acontece desde 2008.  Utilizando metodologia participativa e construtivista, o projeto explora as formas de expressão por parte dos deficientes. O projeto já foi apresentado em diversas cidades e foi exposto em São Paulo, Brasília e Locarno (Suiça). Durante este período, cerca de 120 pessoas passaram pelos três módulos do projeto. 

Coordenação: João Kulcsár

Contato: joaokulcsar@gmail.com

 

 

Cidade Possível Projetos Culturais (RJ)

 

Cidade Possível Projetos Culturais é uma associação cultural que usa a fotografia e vídeo em diálogo com outras linguagens artísticas, educativas e acadêmicas para lançar um olhar sobre a cidade em seus diversos contextos e gerar um espaço para a reflexão crítica e tomada de consciência das transformações urbanas e sociais.

Coordenação: Francisco de Souza e Roxane Oliveira

Contato: desouzaphoto@gmail.com, roxane.oliveira1@gmail.com

 

 

Circuito das Artes (BEL)

 

O projeto Circuito das Artes realiza  ações integradas, visando o desenvolvimento de atividades nas áreas da cultura, educação, cidadania e meio ambiente, através da promoção de ações em bairros periféricos de Belém e da região metropolitana, como forma de descobrir novos talentos, promover o encontro, a interação e a troca de experiências entre os jovens aprendizes e artistas já consagrados pelo público. O projeto engloba educação e valorização cultural, envolvendo não só alunos e professores da rede pública de ensino, mas também moradores da comunidade.

Coordenação: Fatinha Silva

Contato: fatinhasilva.pa@gmail.com

 

 

Curso de Fotografia para Pessoas com Síndrome de Down (RJ)

 

Projeto realizado pelo Observatório de Favelas em parceria com o Movimento Down e o Ateliê Espaço Terapêutico, com patrocínio dos Correios. Trata-se de um projeto pioneiro que visa dar acesso aos alunos e alunas com Síndrome de Down à linguagem fotográfica. Este contato se dá através de atividades lúdicas e técnicas, despertando o interesse pela arte e estimulando o desenvolvimento de adolescentes e jovens, através de noções de tempo, luz, sombra e composição. O objetivo é possibilitar a sociabilidade destes alunos, trabalhando com o conceito de fotografia compartilhada, na qual fotógrafos e fotografados comunguem as autorias e realização das imagens.

Coordenação: João Roberto Ripper

Contato: ripper@imagenshumanas.com.br

 

 

Escola de Arte e Tecnologia Oi Kabum (RJ)

A Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia oferece a jovens de comunidades populares urbanas, estudantes ou egressos da rede pública, formação em cursos de Design Gráfico, Computação Gráfica, Vídeo, Fotografia. Com unidades em Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e Salvador, o programa dura 18 meses e propõe fazer com que os jovens se apropriem das tecnologias da comunicação e da informação em processos criativos, podendo assim atuar nos campos de trabalho artístico e cultural. Complementando o currículo técnico, os jovens também têm aulas de Design Sonoro, História da Arte e Tecnologia, Oficina da Palavra, Web Design e Arte Digital. Ao final da formação, os jovens passam a integrar um Núcleo de Produção, onde podem conceber novos projetos e realizar seus primeiros serviços profissionais.

Coordenação: Lorenzo Alde, Eliane Heeren e Noale Toja

Contato: eliheeren@ig.com.br

 

 

Imagens do Povo (RJ)


O Programa Imagens do Povo é um centro de documentação, pesquisa, formação e inserção de fotógrafos populares no mercado de trabalho. É também um espaço aberto destinado à apresentação e discussão da produção fotográfica contemporânea. Criado pelo Observatório de Favelas, o Imagens do Povo alia a técnica fotográfica às questões sociais, registrando o cotidiano das favelas através de uma percepção crítica, que leve em conta o respeito aos direitos humanos e à cultura local.
Coordenação: Rovena Rosa

Contato: rovena@observatoriodefavelas.org.br

 

 

Inclusão Digital para Jovens Protagonistas (RJ)

 

O Projeto promovido pelo Banco da Providência em parceria com o Instituto PHI, capacitou 55 jovens de diversas comunidades no Rio de Janeiro nos Cursos de Edição de Vídeo, Fotografia e Comunicação e Blog. Para além da formação específica em Tecnologias da Comunicação, o projeto desenvolveu nos jovens habilidades para utilizar a comunicação em favor do bem comum, através da elaboração de blogs, vídeos e fotografias que retratam possibilidades e limites da vida de grupos que lutam pelo direito à moradia digna e de qualidade.

Coordenação: Marcelle Gebara

Contato: mrgebara@yahoo.com.br

 

 

Mão na Lata (RJ)

 

Mão na Lata é um projeto de educação pela arte iniciado em 2003, pela fotógrafa Tatiana Altberg, em parceria com a OSCIP Redes da Maré na cidade do Rio de Janeiro. O projeto desenvolve oficinas de fotografia pinhole e digital, associadas a exercícios de leitura e escrita. Crianças e jovens desenvolvem, por meio das oficinas, um olhar crítico e poético sobre seu cotidiano, e se apropriam criativamente das infinitas possibilidades de seu imaginário para refletir sobre as noções de identidade e de comunidade, a partir da construção de narrativas individuais e coletivas, utilizando a linguagem da fotografia. 
Coordenação: Tatiana Altberg

Contato: tatiana.altberg@gmail.com

 

 

Viva Favela (RJ)

 

O Viva Favela é um projeto do Viva Rio, cuja experiência com atividades e propostas relacionadas ao jornalismo tem mais de uma década de história. Criado em 2001, o site foi pioneiro na produção e oferta de conteúdo temático sobre favelas e periferias urbanas na Internet. Seu conteúdo é produzido por correspondentes comunitários, que são comunicadores moradores de favelas e periferias urbanas. Além do resultado de sua produção na web, o projeto oferece oficinas para a formação de correspondentes nas favelas e periferias do Rio de Janeiro, transmitindo conhecimentos em diretos humanos, técnicas de jornalismo e fotografia
Coordenação:: Xico Vargas

Contato: virginiarm@vivafavela.com.br

 

 

Zona Imaginária – Cooperativa de Artes Visuais (RJ)

 

A Zona Imaginária: Cooperativa de Artes Visuais tem como objetivo a qualificação profissional e a inserção no mercado de trabalho de artes visuais de jovens oriundos de diversos cursos de fotografia, ministrados pelo fotógrafo Maurício Hora desde 1997, e demais artistas das artes visuais que desejam trabalhar de forma coletiva.

 

Coordenação: Maurício Hora

Contato: mauhora@yahoo.com.br, atendimento@favelarte.org.br

 

 

PATROCÍNIO

Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro

8º Encontro sobre Inclusão Visual

Coordenação: Julieta Roitman

Produção: Marcella Marer 

Assistência de produção: Rúbia Pella

 

MAR - Museu de Arte do Rio

Praça Mauá, 5 • Rio de Janeiro • Tel.: 3031-2741