Loading...

SAGRADAS FAMÍLIAS

A série “Sagradas famílias” propõe um diálogo poético e estético entre mãe e filha. Bruna, artista visual e tatuadora, é apaixonada pelo universo dos insetos. Este interesse da filha foi o que motivou Claudia a fotografar o portal da Igreja da Sagrada Família projetada pelo arquiteto catalão Antoni Gaudi que representa uma enorme floresta. As fotos foram matrizes para Claudia realizar variadas monotipias que foram posicionadas em caixas próprias para entomologia e instigasse a filha a criar desenhos que “invadissem” as tampas de vidro de diferentes maneiras, tais como tatuagens tomam conta das peles. Técnica mista: monotipia a partir de fotografia (decalque de papel filme transparente s/ papel canson 300g) e desenho com caneta hidrocor permanente sobre vidros de caixas entomológicas. Ano: 2017

AS FOTÓGRAFAS

Bruna Andrade
Brasileira, 22 anos. Licencianda em Educação Artística/ UFRJ-RJ. Atualmente tatuadora e sócia no estúdio Vulcão, já tatuou em diferentes estúdios no Rio de Janeiro e no Brasil. Realizou exposição individual no Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo em maio de 2015.

Claudia Mauad
Brasileira, 52 anos. Formada em Educação Artística/ PUC-RJ, mestra em Ciência da Arte / UFF-RJ. Já realizou diversas exposições, entre individuais e coletivas e possui obras suas em acervos como a Coleção Joaquim Paiva de Fotografia Contemporânea (atualmente em comodato com o MAM/RJ) e do SESC Rio de Janeiro.

A EXPOSIÇÃO

Abertura das exposições Fábio, 2003 de Bruno Morais, Sagradas Famílias de Claudia Mauad e Bruna Andrade, Retrato Falado de Chico Amaral, The Yellow Boy e Stone Valley de Julieta Schildknecht e Retrato Falado de Tatiana Altberg.

Abertura: 02 de agosto de 2018, 19h00
Local: Villa Aymoré
Ladeira da Glória, 26 • Glória • Rio de Janeiro

2018-12-28T00:43:38+00:00